Com grande atuação de Noé Carneiro, Monsters derrota o Vipers na Série Ouro
Foto: Foto: Divulgação/Monsters

Com grande atuação de Noé Carneiro, Monsters derrota o Vipers na Série Ouro

Neste domingo (03) o Clube Empyreo em Leme recebeu um dos jogos mais aguardados da fase regular da Série Ouro: o duelo entre Tatuapé Monsters e Sorocaba Vipers, dois dos favoritos pela luta ao acesso a Série Diamante em 2023. E com uma atuação irreparável do wide receiver Noé Carneiro, o time da zona leste paulista venceu por 33 a 12.
 
A partida começou com o Monsters arriscando uma quarta descida em sua primeira campanha, mas errou o chute e a bola ficou com o ataque do Vipers. O time de Sorocaba avançou bem e com um field goal de 35 jardas anotado por Lucas Valente, abriu o placar em Leme.
 
Foi no chute de retorno do Vipers começou o “show” de Noé Carneiro pelo Monsters. O wide receiver da equipe paulistana pegou a bola e atravessou todo o campo para anotar o primeiro touchdown do jogo e colocar o time do Tatuapé em vantagem de 07 a 03.
 
O ataque do Vipers encontrou muita dificuldade para avançar na campanha seguinte, o que acabou resultando em um safety, e o time do Monsters ganhando mais dois pontos. Na sequência, o ataque de Tatuapé foi ganhando jardas e em uma corrida curta de Noé Carneiro, chegou ao segundo TD no jogo, indo para o intervalo com o placar em 16 a 03.
 
O segundo tempo começou com mais três pontos a favor do Monsters, com um field goal anotado pelo kicker Matheus Lombriga (que já havia convertido os dois extrapoints anteriores). Na sequência, o Vipers ganhou dois pontos em safety sofrido pela defesa adversária, deixando o placar em 19 a 05 para o time paulistano.
 
Foi quando o time de Sorocaba tentou endurecer o jogo: o tight-end Nikolas Diniz anotou o primeiro touchdown do Vipers na SPFL (essa é a primeira participação da tradicional equipe do FA de São Paulo na liga estadual). Lucas Valente foi quem converteu o extrapoint.
 
Com o placar de 19 a 12 a favor do Monsters, parecia que o Vipers realmente ia ter força para equilibrar o jogo. Mas novamente Noé Carneiro apareceu para reduzir as expectativas dos adversários.
 
Foram dois touchdowns seguidos do wide receiver camisa 2 do time do Monsters, com duas boas corridas em que a defesa do Sorocaba Vipers pouco pôde fazer. Com os dois extrapoints convertidos pelo kicker Lombriga, o placar foi para 33 a 12, dando números finais a partida em Leme.
 
Destaque do jogo, Noé Carneiro fez questão de ressaltar que apesar do placar, o seu time ainda cometeu alguns erros e que ainda há muito a evoluir: “cometemos alguns erros no início da partida, mas acredito que é falta de entrosamento e é possível melhorar com os treinamentos”.
 
“Estamos recompondo o elenco e acredito que para o próximo jogo estaremos bem mais focados. Perdemos alguns atletas por conta da pandemia, outros chegaram, mas ainda são novos e estão se adequando ao time. Acredito que ainda não mostramos todo o nosso potencial”, finalizou o wide receiver dos Monsters.
 
Para o head coach do Vipers, Márcio Vieira, sua equipes ainda está dando início a um trabalho promissor: “Foram dois anos longe dos campos por conta da pandemia, e por isso tivemos que começar tudo de novo praticamente. Quando retornamos aos treinos já estava muito próximo do inicio do campeonato, então acho que isso causou alguns problemas para o nosso time.”
 
“Porém, acredito que estamos no caminho certo e que o trabalho rendeu frutos. É bom quando em um jogo colocamos em prática tudo que treinamos, e isso nos dá um norte para correr atrás daquilo que é necessário melhorar. Nosso time vai crescer. Temos jogadores novos que ainda estão se adequando a equipe, tenho certeza que é um começo promissor”, encerrou o head coach do time de Sorocaba.
 
Ambas as equipes retornam a campo no dia 24 de abril. O Sorocaba Vipers vai encarar o Franca Carrascos, enquanto o Tatuapé Monsters terá pela frente o Werewolves Football.

Foto: Divulgação/Monsters


Publicado pela Plataforma SGE da Bigmidia - Gestão Esportiva com Tecnologia

A Plataforma SGE é um Sistema de Gestão Esportiva desenvolvido para Confederações e Federações Esportivas. Saiba mais sobre a SGE!